Notícias

IPCA atinge 0,24% em julho e fica abaixo do piso da meta em 12 meses, diz IBGE

09/08/2017

No acumulado em 1 ano, índice ficou abaixo do piso da meta de inflação pela primeira vez desde março de 2007 e no patamar mais baixo desde 1999.

 

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 0,24% no mês de julho em relação a junho, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o menor resultado para julho desde 2014, quando o índice ficou em 0,01%.

 

No acumulado em 12 meses, o índice foi para 2,71%, abaixo do piso da meta de inflação estipulada pelo governo pela primeira vez desde março de 2007. O piso da meta é de 3% ao ano (1,5 ponto percentual abaixo do centro da meta, que é de 4,5% ao ano). Este patamar foi o menor para 12 meses desde fevereiro de 1999, quando o índice acumulou 2,24%.

 (Foto: Editoria de Arte/G1)

(Foto: Editoria de Arte/G1)

De janeiro a julho, o IPCA ficou em 1,43%, bem abaixo dos 4,96% registrados em igual período do ano passado.

 

Em julho, os grupos habitação e transportes puxaram o índice para cima, com variação positiva de 1,64% e 0,34%. Já o grupo alimentação e bebidas, que responde por 25% das despesas familiares, recuou pelo terceiro mês consecutivo (-0,47%).

 (Foto: Editoria de Arte/G1)

(Foto: Editoria de Arte/G1)

Deflação em junho

 

No mês de junho, o índice teve deflação de 0,23%, a primeira em 11 anos, puxada pelas contas de luz e alimentos. O resultado foi o mais baixo para um mês de junho desde o início do Plano Real.

A última vez que o índice teve variação negativa foi em junho de 2006, quando a taxa caiu 0,21%. O IPCA nunca foi tão baixo desde agosto de 1998, quando a taxa atingiu -0,51%.

 

  • IBGE
  •  
  •  
  •  
  • http://g1.globo.com/economia/noticia/ipca-fica-em-024-em-julho.ghtml

Comentários